Cheias em Nampula afectam milhares de pessoas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Província de Nampula, Moçambique.

Agência VOA

Localização da cidade de Nampula.

340 hectares de diversas culturas alimentares e de rendimento foram arrastadas pela força da água.

3 de fevereiro de 2015

Mais de cinco mil pessoas no distrito de Moma, província moçambicana de Nampula, foram afectadas pelas chuvas e pelos ventos fortes que se fizeram sentir nas ultimas três semanas em todo o país.

Como consequência, além deste numero de afectados, 340 hectares de diversas culturas alimentares e de rendimento foram arrastadas pela força da água.

Os caudais dos rios Ligonha e Inripe transbordaram e as suas águas inundaram as aldeias de Mucoroge e Miluco, ambas do posto administrativo de Macone, distrito de Moma.

Segundo o governador da província de Nampula, Victor Borges, que recentemente visitou o distrito e sobretudo a zona afectada, neste momento a ligação entre aquele posto administrativo e a sede distrital, incluindo a capital provincial, está comprometida devido ao corte da estrada que liga Mocone a Mucoroge que estava em reabilitação.

Importa referir que devido à chuva, a cidade de Nampula enfrenta dificuldades nas comunicações com a zona centro, estando também comprometidas as próprias comunicações com alguns distritos da província.

Caso a situação continue, e associada à falta de corrente eléctrica, a população corre o risco de ser afectada pela fome, uma vez que os produtos alimentares com destaque para a farinha de milho já estão a subir de preço, devido à sua escassez no mercado por falta de funcionamento da maior parte das industrias moageiras que tiveram que paralisar as suas actividades devido à falta de energia.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati