Chefe de política externa da UE pede que Irã encerre ajuda militar à Rússia

Fonte: Wikinotícias

19 de dezembro de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O representante da União Europeia (UE) para política externa e de segurança, Joseph Borrell, instou o Irã a encerrar imediatamente a ajuda militar à Rússia.

Borrell se encontrou com o ministro das Relações Exteriores do Irã, Hossein Amir Abdollahian, em reunião regional realizada na Jordânia ontem (20) e fez o anúncio, informou a agência de notícias Reuters.

Borrell descreveu a reunião como necessária "no momento em que as relações entre o Irã e a UE estão se deteriorando".

Borrell disse que continuaria a trabalhar com o Irã para restaurar o acordo nuclear iraniano assinado em 2015.

Em resposta, o ministro Amir Abdollahian pediu às potências ocidentais que adotem uma abordagem "construtiva" para restaurar o acordo nuclear, instando as partes a tomarem as "decisões políticas necessárias" para fazê-lo.

O ministro das Relações Exteriores do Irã, Amir Abdollahian, também anunciou a disposição de "contatar diretamente com a Ucrânia para aliviar qualquer mal-entendido sobre a posição do Irã sobre a guerra na Ucrânia", disse o Ministério das Relações Exteriores do Irã.

O Irã admitiu ter fornecido drones para a Rússia que invadiram a Ucrânia, mas negou ligação com drones usados em ataques a infraestrutura na Ucrânia, dizendo que os drones foram enviados antes de iniciar o conflito.

O ministro Amir Abdullahian também criticou o apoio ocidental a protestos no Irã e sanções "ilegais" ao Irã, informou a Reuters.

Fontes