Centenas de estudantes excluídos do ensino superior manifestam-se em Cabinda

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Cabinda • 31 de agosto de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Agência VOA

Centenas de estudantes excluídos das listas de candidatos para o acesso ao ensino superior manifestaram-se na manhã desta terça-feira (31), em frente às instalações do Instituto Superior de Ciências de Educação (ISCE) em Cabinda para exigir a reposição de valores por eles depositados a favor do Estado.

Durante a fase de inscrições, a instituição exigiu um depósito de 5 mil kwanzas (cerca de 3 dólares americanos), mas para o espanto dos candidatos, mais de dois mil deles que concorriam para ingressar no ISCE foram excluídos por não reunirem os requisitos.

Para o ingresso no ensino superior, o Ministério de Ensino Superior tornou público um decreto, onde definiu a nota mínima de 14 valores.

Os estudantes que depositaram os valores com anuência da direção do ISCE dizem sentir-se traídos e burlados e exigem a reposição de valores.

As provas de ingresso previstas para ontem foram suspensas.

A coordenadora adjunta da comissão instaladora do ISCD, Mónica Jeová, disse não ser da responsabilidade da sua instituição devolver o dinheiro dos candidatos, mas sim do Ministério e, por isso, declina-se de qualquer responsabilidade sobre esta situação.

Fonte


Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit