Casal Kirchner é derrotado em eleições legislativas na Argentina

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

29 de junho de 2009

Os candidatos do partido da presidente da Argentina, Cristina Kirchner, ao Congresso Nacional foram derrotados nos principais distritos eleitorais do país. É o que apontam os primeiros dados da apuração oficial das eleições legislativas realizadas ontem (28), de acordo com a BBC Brasil. Até o momento, 88,2% dos votos já foram apurados.

Na província de Buenos Aires – que representa 38% do eleitorado nacional – o ex-presidente Néstor Kirchner, do Partido Justicialista (peronista) e Frente para a Vitória, teria perdido para o candidato da oposição, Francisco de Narváez, por cerca de 2% dos votos.

O dado foi considerado uma derrota para o governo, já que a província é o carro-chefe de todas as eleições. “Perdemos na província por muito pouco e o mesmo ocorreu em outros distritos. Estamos preparados para continuar a governabilidade e a administração da Argentina com amor”, disse Néstor Kirchner, na madrugada de hoje (29).

Os resultados também foram favoráveis à oposição nas províncias de Santa Fé, Córdoba e Mendoza – as maiores depois de Buenos Aires – além de Entre Rios e Santa Cruz, terra de Néstor Kirchner.

Diante do resultado das eleições, o governo passaria dos atuais 116 deputados para 94, longe do quorum próprio de 129 votos. A oposição, com diferentes forças políticas, passaria de 91 para 122 cadeiras na Câmara. O governo também perderia maioria no Senado.

Os deputados e senadores eleitos, que renovam parcialmente a Câmara dos Deputados e o Senado, assumem os cargos em dezembro.



Fontes


Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati