Cantora Marília Mendonça morre em acidente de avião

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

5 de novembro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram
Marília no programa Lady Night em 2018

A cantora Marília Mendonça morreu esta tarde num acidente de avião próximo à serra de Caratinga, na cidade de Piedade de Caratinga, no interior de Minas Gerais. Com ela, morreram outras quatro pessoas: o produtor Henrique Ribeiro, o tio e assessor da cantora Abicieli Silveira Dias Filho, o piloto e o copiloto.

Ela tinha 26 anos e no meio da tarde as primeiras informações eram de que todos estavam bem. No entanto, mais tarde sua assessoria confirmou o óbito. "Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça", dizia o comunicado.

O avião de pequeno porte havia decolado de Goiânia com destino a Piedade de Caratinga, onde a cantora se apresentaria esta noite. Segundo informações preliminares, a aeronave atingiu um cabo de torre de alta tensão antes de cair. A Aeronáutica investiga o acidente.

Ela será velada amanhã em Goiânia.

Carreira

Marília começou a compor quando tinha 12 anos de idade, passando a escrever músicas para vários cantores, tendo composto, entre outras, Muito Gelo, Pouco Whisky (Wesley Safadão), Calma (Jorge & Mateus) e É Com Ela Que Eu Estou (Cristiano Araújo).

Se lançou como cantora em janeiro de 2014 e em junho de 2015 lançou a canção Impasse, seu primeiro single, com a participação da dupla Henrique & Juliano. O sucesso, no entanto, chegou apenas em 2016, com a música Infiel, que se se tornou a segunda canção mais executada nas rádios do Brasil naquele ano. Outros sucessos se seguiram, como as músicas Ciumeira, Bem Pior Que Eu, Todo Mundo Vai Sofrer e Supera, lançadas em 2019.

Em março de 2019, o serviço de streaming Spotify anunciou que a cantora ocupava o primeiro lugar no Top 10 das cantoras mais ouvidas do Brasil na plataforma.

Marília também era sucesso no mundo virtual e em abril do ano passado, durante a pandemia de covid-19, chegou a quebrar o recorde mundial de espectadores simultâneos em uma live no YouTube, quando atingiu 3,2 milhões de pessoas ao mesmo tempo. Também no ano passado, em julho, ela havia conquistado o posto de artista brasileira mais ouvida no YouTube, ficando em 13º lugar no ranking mundial.

Em 2016 ela levou os prêmios Troféu Imprensa e Troféu Internet como Revelação do Ano. Ela levou os mesmos prêmios em 2017 como Melhor Cantora e em 2018 ganhou o Prêmio Multishow de Música Brasileira e novamente o Troféu Internet. Em 2019 venceu novamente o Prêmio Multishow de Música Brasileira, quando também levou o Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Sertaneja, o Melhores do Ano e o Prêmio Contigo! Online.

Seu trabalho mais recente foi o projeto As Patroas, realizado em parceria com a dupla Maiara e Maraisa.

Vida pessoal

Nascida em Cristianópolis e criada em Goiânia, Marília tinha um filho, Léo, nascido em dezembro de 2019, fruto do relacionamento com o cantor e compositor Murillo Huff, de quem se separou em julho de 2020.

Referências

Fontes


Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit