Candidato governista vence eleição presidencial na Rússia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Dmitri Medvedev.

3 de março de 2008

Dmitri Medvedev, candidato apoiado por Vladimir Putin, venceu com larga vantagem a eleição presidencial russa deste domingo, de acordo com dados oficiais divulgados pela Comissão Eleitoral Central nesta segunda-feira.

Medvedev, primeiro vice-primeiro-ministro, de 42 anos, recebeu 70,23% dos votos, após a apuração de 99,45% das urnas. O novo presidente russo tomará posse de seu cargo em 7 de maio, anunciou na noite deste domingo o chefe da administração presidencial, Serguei Sobianin, também diretor da campanha de Medvedev.

"Temos todas as possibilidades de preservar a política de Putin. Iremos adiante e juntos venceremos", declarou Medvedev.

Observadores

A única missão de observadores ocidentais presente na Rússia, vinculada à Assembléia Parlamentar do Conselho da Europa (APCE), considerou que a eleição presidencial russa não foi justa nem livre, anunciou seu diretor, Andreas Gross.

"Não foi justo. Nós pensamos que não houve liberdade nesta eleição", afirmou Gross em uma entrevista coletiva. "Os resultados da eleição presidencial refletem a vontade de um eleitorado cujo potencial democrático foi, infelizmente, desperdiçado".


Fontes