Cancelado projeto de puxadinho escolar

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

20 de fevereiro de 2009

São Paulo, SP, Brasil

Mesmo criticando as escolas de lata do governo municipal anterior, o governador do estado de São Paulo, José Serra, autorizou a construção de salas de aula improvisadas feitas de madeira, o que gerou revolta dos país e alunos da escola estadual Dr. Ayres Neto, onde as salas seriam instaladas.

A medida foi adotada para tentar contornar uma situação de superpopulação de outra escola a Francisco Alves Mourão, onde os alunos tinham 2 horas de aula, pela falta de vagas.

Após manifestações, o governo do estado teve que interromper as obras, mas ainda não removeu o material que foi utilizado nas obras, impossibilitando o uso das quadras onde as salas seriam montadas.

Fonte