Caixa Cultural no Rio inaugura exposição com fotos inéditas de Pierre Verger

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

20 de janeiro de 2018

O antropólogo e fotógrafo Pierre Verger (1902-1996), francês naturalizado brasileiro, morou em Salvador nos últimos 50 anos de vida. Antes disso, porém, ele rodou o mundo, com uma câmera na mão, registrando com seu olhar antropológico temas pouco comuns.

Uma parte desse ponto de vista característico de Verger está na mostra Dorminhocos, que a Caixa Cultural Rio inaugura na tarde de hoje (20). São 145 imagens, quase todas inéditas, produzidas entre as décadas de 1930 e 1950, em vários países, como Argentina, Peru, Congo, China, Polinésia Francesa, Guatemala e México, que retratam o modo como as pessoas cochilavam em lugares públicos. No Brasil, Verger fotografou os dorminhocos na Bahia, em Pernambuco e no Maranhão.

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com