Cada vez mais brasileiras esperam chegar aos 30 para ter primeiro filho

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

29 de outubro de 2014

Brasil

Sobe o número de brasileiras que cada vez mais esperam os 30 anos de idade, ou mais, para ser mãe pela primeira vez, como mostra o estudo Saúde Brasil, do Ministério da Saúde. O estudo constatou que quanto maior o grau de escolaridade, mais tarde as mulheres optam pelo primeiro parto.

Segundo o Saúde Brasil, o percentual de mães com primeiro filho na faixaa de 30 anos cresceu na última década, passando de 22,5%, em 2000, para 30,2%, em 2012. Já o número de mulheres com menos de 19 anos, que tiveram filhos, caiu de 23,5% para 19,3% no mesmo período.

Apesar do aumento na idade geral para o primeiro filho, as diferenças ligadas à escolaridade são grandes. Enquanto pouco mais de 45% das mulheres com 12 anos ou mais de estudos têm o primeiro filho depois dos 30 anos, mais da metade das que têm menos de sete anos de estudo têm o primeiro filho antes dos 20.

Os percentuais mais altos de mulheres que se tornam mães com 30 anos ou mais são nas regiões Sudeste e Sul, com 34,6% e 33,6%, respectivamente. No Centro-Oeste, a taxa cai para 28,8%, seguido-se o Nordeste com 26,1% e o Norte com 21,2%. Para o Ministério da Saúde, é um sinal de que as mulheres estão com mais acesso a anticoncepcionais, e podem planejar a vinda do primeiro filho, o que é uma tendência dos países desenvolvidos.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati