Cabo Verde: setor turístico foca na recuperação

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

4 de outubro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Ministro do Turismo e Transportes de Cabo Verde, Carlos Santos, disse no final de setembro que 75% menos turistas visitaram o país em 2020. A redução foi provocada pela pandemia de covid-19, já que milhões de pessoas deixaram de viajar e muitas empresas aéreas suspenderam voos para cumprir medidas de contenção da pandemia, como a de distanciamento social.

Tentando reverter este quadro, o governo criou o Projeto Turismo Seguro, com o treinamento dos trabalhadores e a criação de Centros de Covid-19 em 300 estabelecimentos das principais áreas turísticas do país.

Segundo Santos, o Turismo continua a ser uma das atividades com um dos maiores efeitos multiplicadores, sendo que um em cada 10 empregos no mundo são criados pelo setor.

Ele também disse que, de forma geral, o país teve uma recessão de aproximadamente 14,8% e que cerca de 19.800 pessoas perderam seus empregos no ano passado.

Turismo inclusivo

Em Cabo Verde, a retomada das atividades do setor deve priorizar a inclusão de camadas mais vulneráveis e mais impactadas pela pandemia, como mulheres, jovens e comunidades rurais, seguindo o princípio da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, o de “Não deixar ninguém para trás”.

“Mais de 80 por cento das empresas ligadas ao turismo são micro, pequenas e medias empresas que empregam jovens e mulheres”, enfatizou Santos.

Notícias Relacionadas

Fontes


Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit