CPI para apurar abusos sexuais nas faculdades de SP é instalada na Alesp

Brasil • 27 de novembro de 2014

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

Uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) foi instalada hoje (26) na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) para apurar denúncias de estupros, racismo, sexismo e trotes violentos nas faculdades do estado de São Paulo. A CPI foi protocolada ontem (25) pelo deputado e presidente da Comissão de Direitos Humanos da casa, Adriano Diogo (PT), com 39 assinaturas - sete a mais que o necessário.

No entanto, se seguisse o trâmite normal da Alesp, a CPI poderia ser instalada somente em 2016. Hoje, um acordo entre os líderes partidários possibilitou que a comissão fosse instalada imediatamente. Três CPIs que antecederiam a dos abusos nas faculdades foram retiradas. A CPI foi motivada principalmente por relatos trazidos por estudantes – em audiência pública feita na Assembleia pela Comissão de Direitos Humanos, no último dia 11 – de estupros, racismo, sexismo e trotes violentos ocorridos na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).

Fontes