COVID-19: com 1.188 óbitos, Brasil tem novo recorde de mortes por dia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

21 de abril de 2020

O uso de máscaras tem sido uma medida protetiva cada vez mais adotada

Esta é a segunda vez esta semana que o Brasil bate um recorde e, ao mesmo tempo, passa de mil mortes por dia devido à COVID-19. O anúncio de mais 1.188 óbitos, registrados nas últimas 24 horas, foi feito há pouco através do boletim diário, onde o Ministério da Saúde (MS) divulga os últimos números da pandemia de COVID-19 no Brasil. "A maioria aconteceu em outros dias. As notificações ocorrem apenas após a conclusão da investigação dos motivos das mortes. Desse total, 311 mortes ocorreram, de fato, nos últimos três dias", escreveu o MS em seu website.

O MS também, como tem sido a prática desde que o militar Eduardo Pazuello assumiu o Ministério da Saúde, não falou em óbitos no título da notícia ou as enfatizou na live diária no Facebook. A nova estratégia, no entanto, não agradou aos internautas, que postam comentários como: "Eu assistia a todas as lives. Agora não quero mais. Deixou de ser informativo pra ser mais uma propaganda de governo. Não quero ver pontos positivos de uma pandemia. Quero fatos." (C.V.)

Últimas notícias sobre a pandemia no Brasil

No AM, as 58 localidades do interior com casos registrados acumulam 32% de óbitos e menos da metade das mortes registradas em Manaus. No Boletim de quarta-feira (20/05), quando a capital apontou 11.643 casos (49,12%) e 1.057 óbitos (68%), o interior tinha 12.061 casos (50,88%) e 504 óbitos em 46 municípios; o PR tem hoje 188 pessoas internadas, sendo 81 em leitos de UTI; o RJ tem hoje 3.412 mortes por coronavírus e há ainda 1.095 óbitos em investigação.

Notícia Relacionada[editar]

Fontes[editar]