COVID-19: O 'jogo sujo' e os atalhos na corrida para criar fórmula da vacina

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Imagem meramente ilustrativa.

29 de agosto de 2020

Quando a Rússia anunciou, em 11 de agosto, que havia registrado a primeira vacina contra a COVID-19, batizada de Sputnik V, a mensagem política e histórica ficou bastante clara. Em 1957, a União Soviética lançou o satélite Sputnik e venceu a corrida ao espaço. Agora, a Rússia diz que está indo além dos limites da Medicina.

Mas os críticos afirmam que o país está pulando etapas do processo científico de desenvolvimento de uma vacina e o ceticismo com que o anúncio foi recebido é um lembrete da intensa competição internacional em torno destes esforços.

A vacina para COVID-19 é um dos prêmios médicos mais valiosos e cobiçados dos tempos modernos. Isso não ocorre só para salvar vidas, mas também pela promessa de glória e validação para quem tiver sucesso.

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com