COVID-19: Los Angeles é o primeiro condado a atingir 1 milhão de casos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

17 de janeiro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A Universidade Johns Hopkins relatou na manhã deste domingo que há 94,5 milhões de casos de COVID-19 em todo o mundo. Os Estados Unidos lideram o mundo em número de casos com 23,7 milhões de infecções, seguidos da Índia com 10,5 milhões e do Brasil com 8,4 milhões.

O condado de Los Angeles, na Califórnia, tornou-se o primeiro condado dos EUA a registrar 1 milhão de casos de COVID-19. A notícia do número de infecções é agravada pela confirmação do aparecimento no condado da variante britânica altamente contagiosa do coronavírus.

A Dra. Barbara Ferrer, diretora de saúde pública do condado, disse em um comunicado: "A presença da variante do Reino Unido no condado de Los Angeles é preocupante, pois nosso sistema de saúde já está severamente afetado com mais de 7.500 pessoas atualmente hospitalizadas". Ele acrescentou que Los Angeles também está passando por "hospitalizações e mortes, cinco vezes mais do que durante o verão".

A Noruega está investigando a morte de mais de 25 pessoas idosas que morreram após receber a vacina COVID-19 da Pfizer. A Agência Norueguesa de Medicamentos disse que as pessoas afetadas já tinham "distúrbios básicos graves".

As fronteiras internacionais da Austrália estão fechadas, mas há exceções. Desde o início da pandemia, a Austrália registrou quase 29.000 casos e pouco mais de 900 mortes.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com