CASA-CE denuncia corrupção no Namibe

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Angola.

Agência VOA

Dirigente provincial do partido diz que há "enriquecimento num abrir e fechar de olhos".

30 de julho de 2015

Os governantes do Namibe estão a ficar ricos em muito pouco tempo, em prejuízo do povo carente de tudo, diz o Secretario provincial da Convergência Ampla de Salvação de Angola - Coligação Eleitoral (CASA-CE), Sampaio Mucanda.

“É um problema sério. Muito dinheiro entra na província, mas não tem reflexo na vida do cidadão. O governador, Rui Falcão, diz que é militante sério do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), mas esta seriedade não está a se notar na administração da coisa pública,” disse Mucanda.

O politico deu o exemplo dos enfermeiros do interior, que ainda vivem ao relento, depois de terem sido vitimas de uma tempestadade, em março deste ano.

Mucanda referiu também que o fomento da agricultura apenas beneficia os que se identificam com o MPLA.

"Aqui no Namibe, estamos a notar que meia dúzia de pessoas (governantes) estão a ficar ricos, num abrir e fechar do olho”, disse.

Segundo Mucanda, o governador Rui Falcão decepcionou a maioria que tinha esperança de uma boa governação.

O politico diz ter pleno conhecimento de que a “Fazenda 4RS”, do governador Rui Luís Falcão Pinto de Andrade, localizada no Mucungo, junto à estrada da Lucira, tem água e luz em abundância.

Nas comunidades vizinhas da fazenda (Mucubais, Kuissis e outras) o cenário é diferente. A falta de agua originou uma revolta popular que foi reprimida pela polícia.

Mucanda disse também que o seu partido está a preparar um dossier para denunciar os desmandos.

Tentativas de ouvir o governador do Namibe não resultaram.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati