Brasileiros famosos estariam no avião que desapareceu no Oceano Atlântico

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

1 de junho de 2009

Pelo menos 51 brasileiros estavam no avião que desapareceu, a Wikinotícias tem alguns deles.

Família Real

A família Orleans e Bragança, herdeira da família real brasileira, confirmou que o príncipe Pedro Luis de Orleans e Bragança estava no voo AF447, que desapareceu na noite de ontem (31). Ele era o único integrante da família no voo.

Descendente de Dom Pedro II e filho do príncipe Dom Antônio, Pedro Luis, de 26 anos, é o quarto na linha sucessória do trono. As informações foram repassadas pelo escritório que representa a família Orleans e Bragança, em São Paulo.

Maestro

A Secretaria de Cultura do Distrito Federal confirmou agora há pouco que o maestro Silvio Barbato estava a bordo do Airbus A330, da companhia Air France, que saiu ontem (31) do Rio de janeiro e desapareceu na madrugada de hoje (1º) a caminho de Paris. A secretaria recebeu as informações de parentes do maestro.

Silvio Barbato já foi regente das Orquestras Sinfônicas do Teatro Nacional de Brasília e do Teatro Municipal do Rio de janeiro.

Segundo a Secretaria de Cultura, Barbato foi regente da orquestra do Teatro Nacional por duas vezes (de 1989 a 1992 e de 1999 a 2006) e completou 50 anos no dia 11 de maio.

Presidente

O presidente do Conselho de Administração da ThyssenKrupp Companhia Siderúrgica do Atlântico (CSA), Eric Heine, está no vôo da Air France que desapareceu depois de decolar ontem (31) do Rio de janeiro com destino a Paris.

A assessoria de imprensa da companhia informou que Heine, de 41 anos, viajava a trabalho, sozinho, com destino à Alemanha, sede da Thyssen. Heine viaja muito para a Alemanha e os Estados Unidos, onde a empresa também mantém negócios.

Chefe de Gabrinete

O chefe de gabinete da Prefeitura do Rio de janeiro, Marcelo Parente, que viajava com mulher. A assessoria de imprensa da prefeitura informou que ele não estava a trabalho.

Air France

Entre os 216 passageiros do vôo desaparecido, a Air France só deve divulgar a lista completa com os passageiros do Airbus A330 depois que as famílias forem comunicadas.

Fontes