Brasil volta a ocupar presidência do Mercosul em julho

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Aristóteles
Outras notícias sobre política


Agência Brasil

10 de abril de 2010

Brasil


O presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva recebe no Itamaraty o presidente do Chile, Sebastián Piñera.

O Brasil ocupará novamente a presidência rotativa do Mercosul, atualmente sob responsabilidade da Argentina, a partir do mês de julho. A transferência ocorrerá durante a próxima Cúpula de Chefes de Estado do bloco sul-americano, na cidade argentina de San Juan.

De acordo com boletim do serviço de imprensa do Mercosul, os presidentes Evo Morales, da Bolívia, Sebastián Piñera, do Chile, Alan Garcia, do Peru, Álvaro Uribe, da Colômbia, e Rafael Correa, do Equador, participarão do encontro como representantes de países associados ao bloco.

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, também estará na cúpula. A Venezuela participa do Mercosul como Estado Parte, uma vez que o ingresso formal do país no bloco ainda depende de autorização do Congresso paraguaio.

Em dezembro do ano passado, o Brasil foi o terceiro país a autorizar a entrada da Venezuela no Mercosul, logo após a Argentina e o Uruguai. No último dia 26 de março, os senadores paraguaios rejeitaram a participação da Venezuela, mas o assunto deverá voltar à pauta de discussões. Sem a autorização dos quatro países-membros do Mercoul, a Venezuela não entrará para o bloco.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati