Brasil tem a menor produtividade entre 12 países pesquisados

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bandeira do Brasil
Outras notícias sobre o Brasil
Localização do Brasil
Localização do Brasil

23 de fevereiro de 2015

Brasil

A produtividade – índice que mede quanto se produz por hora trabalhada - cresceu no Brasil 6% ao ano, entre 2002 e 2012, o menor na comparação com outros 11 países pesquisados, informou a Confederação Nacional da Indústria (CNI). Os países com produtividade superior à brasileira são: Coreia do Sul, Taiwan, Cingapura, Estados Unidos, Japão, Espanha, Alemanha, França, Austrália, Canadá e Itália.

O economista Renato da Fonseca, gerente de pesquisa e competitividade da CNI atribui, em parte, o resultado da pesquisa à baixa qualidade de mão de obra dos trabalhadores brasileiros. “Infelizmente temos mão de obra despreparada para aprender novas tecnologias”, disse. Ele disse que outra causa da baixa produtividade brasileira é a taxa de investimento inexpressiva. “Desde 2010 a economia brasileira praticamente não cresce”, acrescentou.

Na pesquisa da CNI sobre produtividade, a Coreia do Sul aparece no outro extremo com alta de 6,7% ao ano. Nos Estados Unidos o aumento foi 4,4% ao ano. No Brasil o crescimento acumulado entre 2002 e 2012 foi 6,6%. A baixa produtividade do trabalho colaborou para que o Brasil registrasse, na década, o mais alto custo unitário do trabalho (CUT) em dólares reais (descontada a inflação).

O CUT, que representa o custo com trabalho para se produzir um bem, aumentou 9% ao ano entre 2002 e 2012. O segundo colocado, a Austrália, registrou alta de 5,3% ao ano. Quatro dos 12 países comparados tiveram aumento do CUT. No outro extremo aparecem Taiwan e Estados Unidos, que reduziram o CUT em 6,2% e em 5,2%, respectivamente.

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati