Brasil se classifica no Mundial Sub-17 com vitória sobre Nova Zelândia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

30 de outubro de 2019

Seleção venceu os neozelandeses por 3 a 0 e está nas oitavas

Foi um pouco mais difícil do que o esperado, mas a Seleção Brasileira Sub-17 alcançou seu objetivo: venceu os neozelandeses por 3 a 0, mesmo atuando boa parte do tempo com um jogador a menos. Com seis pontos no Grupo A, a vaga às oitavas de final está carimbada.

Logo aos 4 minutos, o Brasil perdeu a primeira chance clara de gol. Cruzamento rasteiro para a pequena área, Kaio Jorge chutou desequilibrado e mandou para fora em um lance que tinha tudo para ter um final mais feliz.

Aos 20 minutos, a jogada se repetiu. O ponta-direita Veron invadiu a área, cruzou rasteiro e desta vez, Kaio Jorge – promessa do Santos - não perdoou: Brasil 1 a 0.

A partir daí, o domínio brasileiro foi total e a seleção desperdiçou, pelo menos, uma chance de marcar, que parou nas mãos do goleiro Paulsen.

Em um lance infantil, o lateral-direito Yan Couto – atleta do Coritiba - pisou nas pernas de um neozelandês no meio-campo. O árbitro Mário Escobar não titubeou e deu cartão vermelho direto para o brasileiro, desfalcando o time aos 42 minutos do 1º tempo.

No 2º tempo, com um a menos, o Brasil penou. Aos 4 minutos, Garbett arriscou de fora da área e a bola passou muito perto da meta verde e amarela. Aos 7, Garbett tentou novamente de longe, desta vez o goleiro Matheus defendeu sem dar rebote.

Aos 9 minutos, em um cruzamento rasteiro para a área, Van Hattum se antecipou e mandou para fora, perdendo uma chance incrível para a Nova Zelândia. Aos 16, foi a vez de Randall perder outro gol. Ele recebeu na área, virou o corpo e chutou para fora.

O Brasil alcançou o segundo gol aos 36 minutos, graças a um erro do goleiro Paulsen, que tentou dominar na frente de Talles Magno. O craque brasileiro, roubou a bola e marcou o seu primeiro gol neste mundial.

Com a Nova Zelândia desnorteada, o Brasil chegou ao terceiro gol em outra falha, desta vez da linha defensiva, que cruzou uma bola em frente a área. Erro grave. Diego pegou, partiu em velocidade e fuzilou o goleiro Paulsen.

A vitória por 3 a 0 fez a festa dos 14 mil torcedores que lotaram o Bezerrão. A seleção enfrentará no próximo jogo a seleção angolana, outra equipe já classificada para as oitavas de final. A partida será em Goiânia, sexta-feira às 20 h. O Brasil tem a vantagem do empate por ser o primeiro lugar do Grupo A, por ter melhor saldo de gols.

Ficha técnica

BRASIL 3 x 0 NOVA ZELÂNDIA

Competição: Mundial Sub-17 (Primeira Fase – Grupo A)

Local: Estádio Bezerrão, Gama (DF) Juiz: Mário Escobar (Guatemala) Público: 14.158

Brasil: Matheus Donelli, Yan Couto, Henri, Luan Patrick e Patryck; Daniel Cabral, Talles Costa (Garcia) e Peglow (Sandry); Veron, Kaio Jorge (Diego) e Talles Magno. T: Guilherme Dalla Dea.

Nova Zelândia: Paulsen, Naicker, Simpkin, Hillis (Wilson) e Strong; Hamilton (Jelacic), Stamenic, Bark (Lobo) e Randall; Garbett e Van Hattum. T: José Figueira.

Gol: 1º tempo: Kaio Jorge (20). 2º tempo: Talles Magno (36) e Diego (45).

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati