Brasil está mais bem preparado para Copa que África do Sul, dizem observadores

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

1 de julho de 2010

Joanesburgo, África do Sul


Observadores brasileiros que visitaram a África do Sul neste Mundial dizem que o Brasil terá de enfrentar, na organização da Copa do Mundo de 2014, problemas semelhantes ao enfrentados pelos sul-africanos. Apesar disso, eles acreditam que o Brasil está mais bem preparado para solucionar esses problemas do que a África do Sul estava há quatro anos.

“Acho que estamos em melhor condição”, disse hoje (30) o presidente da Federação Paulista de Futebol, Marco Polo Del Nero. “Temos tudo para fazer um Mundial superior ao da África do Sul.” Para ele, além de o Brasil ser acostumado a promover grande eventos do futebol, também tem uma estrutura de transporte superior à que está em funcionamento hoje na África do Sul e detém o conhecimento necessário para aperfeiçoá-la.

“Os guardas de trânsito de São Paulo, por exemplo, estão entre os melhores do mundo”, disse. “Podem administrar as mudanças de tráfego demandadas para a Copa do Mundo com tranquilidade.”

O presidente do Comitê Executivo da Copa 2014 em Belo Horizonte, Tiago Lacerda, também diz que o Brasil está à frente da África do Sul em questões de infraestrutura, embora reconheça que há iniciativas sul-africanas que podem servir de exemplo aos brasileiros para o Mundial. “A adequação dos aeroportos da África do Sul foi muito boa”, avaliou. “Os terminais funcionam muito bem. Acho que, nesse ponto, eles [os sul-africanos] estão na nossa frente.”

Lacerda afirmou que, no entanto, independentemente da situação atual, está claro que resta muito a fazer no Brasil até a Copa de 2014. Por isso, o país precisa “trabalhar duro para que a condição favorável de hoje transforme-se em uma estrutura perfeita daqui a quatro anos.”

Fontes


Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati