Brasil: mapeamento aponta que 90% das doulas se sentem desvalorizadas na profissão

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

19 de janeiro de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Um mapa desenhado pela Associação das Doulas do Rio de Janeiro (Adoulas-RJ) mostra que mais de 90% das Doulas sentem que não são valorizadas no setor. Participaram da pesquisa 785 participantes, distribuídos em cinco estados - Rio de Janeiro, Mato Grosso, Paraíba, Santa Catarina e São Paulo.

Além disso, segundo o estudo, 40% dos profissionais não entendem as atividades do setor descritas na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO).

Morgana lamenta que existam poucas oportunidades de treinamento para os profissionais, pois a maioria dos cursos tem duração inferior a 60 horas sendo remunerados. Para ela, isso aumentou a distância entre as mulheres negras e brancas no mercado - segundo a pesquisa, apenas 37% são negras.

“Por haver poucas oportunidades de receber treinamento público, sabemos por que temos menos doulas pretas e por que temos menos recursos, projetados para produzi-las especificamente para essas doulas fêmeas sem ter que ter outras fontes de renda”, criticou.

Fonte


Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit