Brasil: governo monitora enfermidade do milho

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

2 de março de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) está trabalhando no mapeamento da ocorrência do enfezamento do milho junto aos principais estados produtores da cultura. O objetivo do monitoramento é permitir o diagnóstico e o dimensionamento adequados para subsídios de eventuais medidas para reduzir ou evitar os prejuízos causados pela doença nos cultivos de milho em todo o país.

Os prejuízos causados pelas doenças relacionadas ao “complexo de enfezamento" têm gerado grande preocupação para os produtores nas últimas safras, devido ao aumento da ocorrência de sintomas relacionados a essas enfermidades, que também têm sido observados por pesquisadores de diferentes instituições de pesquisa no país.

Segundo a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), essas doenças são causadas por micro-organismos denominados molicutes, que invadem sistemicamente e se multiplicam nos tecidos do floema da planta de milho e são transmitidos de plantas doentes para plantas sadias, pela cigarrinha Dalbulus maidis.

Para informações sobre a identificação das doenças nas lavouras e sobre o manejo mais adequado para se minimizar os impactos gerados pelos enfezamentos do milho, pesquisadores da Embrapa Milho e Sorgo elaboraram cartilha sobre o Manejo da Cigarrinha e Enfezamentos na Cultura do Milho que pode ser acessada aqui.

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit