Brasil: diversos estados ganham certificado de "zona livre de vacinação contra a febre aftosa"

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

12 de agosto de 2020

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, emitiu nesta terça-feira (11) a Instrução Normativa (IN) 52, reconhecendo os estados do estados do Acre, Paraná, Rio Grande do Sul (RS), Rondônia e regiões do Amazonas e do Mato Grosso como "zonas livres de vacinação contra a febre aftosa". A instrução entra em vigor em 1º de setembro e a IN deve ser publicada no Diário Oficial da União amanhã, 12 de agosto.

Esta mudança será agora comunicada para a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), que concede a certificação da evolução do status sanitário, abrindo portas para mercados antes não disponíveis aos pecuaristas destes estados. Estimativas envolvem os mercados do Japão, Coreia do Sul, México, Estados Unidos, Chile, Filipinas, China e Canadá, e só no setor de carne suína a expectativa é de que as exportações anuais cresçam cerca de R$ 600 milhões.

Covatti Filho, secretário da Agricultura do RS, disse que com a mudança o estado "poderá alcançar 70% dos mercados mundiais disponíveis".

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Reddit.com