Brasil: Senado aprova criação de comissão para acompanhar a busca do indigenista Bruno Araújo Pereira e do jornalista Dom Phillips

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.

14 de junho de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

O Plenário do Senado aprovou a criação de uma comissão externa para acompanhar a busca do indigenista Bruno Araújo Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips, e investigar o aumento da criminalidade na região Amazônica.

O requerimento, de autoria do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), determina senadores que integram a Comissão de Meio Ambiente, a Comissão de Constituição e Justiça e a Comissão de Direitos Humanos devem apurar as circunstâncias que envolvem o desaparecimento de Araújo e Phillips, ameaçados por invasores de terras indígenas ligados ao garimpo ilegal e ao narcotráfico.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, apontou para a gravidade da situação, que envolve ataques à população indígena da região. A comissão externa terá nove membros e prazo de 60 dias para apresentar suas conclusões.

Entenda

Araújo e Philips foram dados como desaparecidos no dia 05 de junho passado e ontem houve rumores de que seus corpos tivessem sido encontrados, o que foi negado pelas autoridades brasileiras.

No domingo passado, pertences dos dois foram encontrados perto da casa de Amarildo Costa de Oliveira, que foi detido pela polícia.

Notícia Relacionada

Fontes