Brasil: Procon-DF diz que McPicanha não tem picanha e proíbe venda do sanduíche em Brasília

Fonte: Wikinotícias

1 de maio de 2022

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

 

A rede McDonald's foi proibida de vender hambúrgueres McPicanha em Brasília a partir desta última quinta-feira. A decisão do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor do Distrito Federal (Procon-DF), após denúncia de um consumidor em 18 de abril, proibiu a comercialização de sanduíches por “publicidade enganosa.”

Segundo a agência, a decisão foi tomada após denúncia dos consumidores “que alegava que o produto anunciado não teria o corte de carne — no caso, picanha —, em sua composição.”

“Com o recebimento da denúncia no último dia 18, a Fiscalização do Procon verificou que a empresa estava veiculando publicidade dos novos sanduíches nos canais oficiais do McDonald’s Brasil, em que pode ser verificada a seguinte informação: ‘Produtos McPicanha: Picanha Salada Bacon e Picanha Cheddar Bacon. Hambúrguer 100% bovino com molho sabor picanha’”, disse o órgão de fiscalização.

A decisão do Procon-DF vigora até que a empresa faça uma “correção integral da publicidade” e, caso não cumpra, o McDonald's poderá ser multado, apreendido produtos ou interditado as unidades operacionais no Distrito Federal.

O McDonald's admitiu nesta última quarta-feira (27) que seus sanduíches de hambúrguer eram “feitos com diferentes cortes de carne bovina” depois que a página do Instagram Coma com os Olhos ameaçou entrar

com uma ação judicial contra a empresa no Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) por propaganda enganosa.

O McDonald's também foi notificado pela Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor de São Paulo (Procon-SP) na última quinta-feira (28/4) após a empresa admitir que a nova linha de McPicanha da marca não é feita de picanha.

Fontes