Brasil: Anvisa recebe pedido de autorização para testes da vacina Sputnik V

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

30 de dezembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

A Anvisa recebeu na noite desta terça-feira (29) pedido do laboratório União Química para autorizar a vacina Sputnik V, de fabricação russa, para realizar estudos clínicos de fase 3. A resposta deve ser postada dentro de 72 horas.

A terceira fase é a realização de pesquisas clínicas relacionadas a humanos.

Embora incluída na solicitação, a Anvisa não divulgou o número de voluntários e nem onde o país deve realizar pesquisas (se aprovadas).

O Sputnik V é a mesma vacina usada na Argentina e Bielo-Rússia a partir desta terça-feira, e é a primeira vacina registrada contra a Covid-19 no mundo em agosto. Há cerca de duas semanas, a Rússia divulgou dados sobre o resultado final da eficácia da vacina, que era de cerca de 91%.

As quatro vacinas foram autorizadas para testes de Fase III no Brasil. A aquisição mais recente é o Ad26.COV2.S desenvolvido pela Janssen Pharmaceuticals da Johnson & Johnson em agosto.

Fonte

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit