Brasil, Índia e África do Sul discutem assentamentos urbanos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Agência Brasil

14 de julho de 2009

Representantes da Índia, do Brasil e da África do Sul, grupo conhecido como Ibas, participam hoje (14), no Palácio do Itamaraty, no Rio, de uma reunião de trabalho sobre assentamentos urbanos. O objetivo do encontro, que faz parte do Fórum de Diálogo entre esses países, é trocar experiências sobre temas como urbanização de favelas, financiamento habitacional, trabalho social e regularização fundiária.

De acordo com a secretária nacional de Habitação, Inês Magalhães, que representa o Brasil no encontro, os três países vivem momentos semelhantes, com a ampliação da atenção especialmente a projetos de urbanização. No entanto, cada um usa estratégias próprias que, compartilhadas, podem ajudar as demais nações a vencer os desafios locais.


É uma agenda de trabalho muito importante, porque percebemos que há certa sintonia entre esses três países no que diz respeito ao momento atual das políticas de urbanização de assentamentos precários e financiamento habitacional que estão sendo implementadas”, disse Inês. “Todos estão elevando o grau de investimentos, principalmente na área de urbanização, assim como ampliando o papel dos estados, no caso brasileiro dos municípios, para o enfrentamento dessas questões
'


A secretária destacou que a experiência brasileira revela que o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) é a iniciativa que melhor ilustra o tipo de política que o país vem adotando. “O PAC, não só pela infraestrutura urbana, mas pela ênfase que dá ao trabalho social, com geração de trabalho e renda, e o incentivo à organização comunitária, demonstra a nossa opção em não remover as favelas e assentamentos precários, mas consolidá-los onde estão, considerando não só as relações sociais, mas também as econômicas que as pessoas constroem nos locais de moradia.”

Para conhecer melhor a iniciativa brasileira, o grupo deve realizar visitas técnicas amanhã (15) às obras do PAC nos complexos de Manguinhos e do Alemão (zona norte da cidade), do Pavão-Pavãozinho e na comunidade Santa Marta (zona sul).

Ainda de acordo com a secretária, ao final do encontro, as experiências apresentadas podem fazer parte de uma publicação. O Fórum de Diálogo vai até quinta-feira (16) e reúne diversos grupos de trabalho, como agricultura, transporte e cultura, entre outros.



Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati