Brasil, Índia e África do Sul discutem assentamentos urbanos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

14 de julho de 2009

Representantes da Índia, do Brasil e da África do Sul, grupo conhecido como Ibas, participam hoje (14), no Palácio do Itamaraty, no Rio, de uma reunião de trabalho sobre assentamentos urbanos. O objetivo do encontro, que faz parte do Fórum de Diálogo entre esses países, é trocar experiências sobre temas como urbanização de favelas, financiamento habitacional, trabalho social e regularização fundiária.

De acordo com a secretária nacional de Habitação, Inês Magalhães, que representa o Brasil no encontro, os três países vivem momentos semelhantes, com a ampliação da atenção especialmente a projetos de urbanização. No entanto, cada um usa estratégias próprias que, compartilhadas, podem ajudar as demais nações a vencer os desafios locais.


É uma agenda de trabalho muito importante, porque percebemos que há certa sintonia entre esses três países no que diz respeito ao momento atual das políticas de urbanização de assentamentos precários e financiamento habitacional que estão sendo implementadas”, disse Inês. “Todos estão elevando o grau de investimentos, principalmente na área de urbanização, assim como ampliando o papel dos estados, no caso brasileiro dos municípios, para o enfrentamento dessas questões
'


A secretária destacou que a experiência brasileira revela que o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) é a iniciativa que melhor ilustra o tipo de política que o país vem adotando. “O PAC, não só pela infraestrutura urbana, mas pela ênfase que dá ao trabalho social, com geração de trabalho e renda, e o incentivo à organização comunitária, demonstra a nossa opção em não remover as favelas e assentamentos precários, mas consolidá-los onde estão, considerando não só as relações sociais, mas também as econômicas que as pessoas constroem nos locais de moradia.”

Para conhecer melhor a iniciativa brasileira, o grupo deve realizar visitas técnicas amanhã (15) às obras do PAC nos complexos de Manguinhos e do Alemão (zona norte da cidade), do Pavão-Pavãozinho e na comunidade Santa Marta (zona sul).

Ainda de acordo com a secretária, ao final do encontro, as experiências apresentadas podem fazer parte de uma publicação. O Fórum de Diálogo vai até quinta-feira (16) e reúne diversos grupos de trabalho, como agricultura, transporte e cultura, entre outros.



Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati