Bill Clinton critica Obamacare e defende a Hillary

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

Ex-presidente evita mencionar sua postura frente ao Obamacare e só se enfoca em sinalizar que Hillary Clinton é a melhor opção para os estadounidenses.

5 de outubro de 2016

Durante uma parada de campanha em Ohio, o ex-presidente Bill Clinton comentou que sua esposa Hillary é a melhor opção para alcançar uma “vibrante economia” que beneficie a todos os estadounidenses (ou americanos).

Clinton evitou fazer mais comentários sobre a controversa lei de saúde conhecida como Obamacare, da qual havia dito um dia antes que é “a coisa mais louca no mundo”.

Durante seu discurso de 45 minutos só mencionou muito brevemente, que lamentava que muitos estadounidenses ainda não puderam aceder a um plano de seguro de saúde econômico em muitos lugares, se eles não trabalham para grandes empresas e acrescentou que sua esposa oferece soluções.

Durante seu discurso, Bill Clinton disse a uma multidão de jovens que Hillary Clinton apoia um plano que se chama “opção pública”, um plano de seguros do governo que compila junto aos planos privados de saúde dentro do mercado de intercâmbio.

Enquanto isso, o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, disse que não era “exactamente claro” enquanto ao argumento de Bill Clinton, mas ressaltou que o presidente Barack Obama “confiava fortemente” na lei e citou os subsídios que ainda estão disponíveis para ajudar os consumidores a encontrar planos de saúde acessíveis.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati