Banco do Brasil tem lucro 37% maior no terceiro trimestre

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

13 de novembro de 2008

O Banco do Brasil obteve no terceiro trimestre lucro líquido de R$ 1,9 bilhão, resultado 36,9% maior que o do mesmo período do ano passado. Comparado ao trimestre anterior, houve um crescimento de 13,6% no resultado financeiro do banco.

Os cálculos levam em conta as despesas com o pagamento de planos econômicos (R$ 127 milhões), mais o valor do passivo assumido do Banco do Estado de Santa Catarina (R$ 238 milhões) e do crédito tributário desta instituição (R$ 194 milhões).

Se forem retirados esses valores, o lucro líquido sobe para para R$ 2 bilhões, 39,2% acima do terceiro trimestre de 2007 e 24% superior ao segundo trimestre deste ano.

Os ativos totais alcançaram R$ 459 bilhões, um avanço de 30,4% em relação ao mesmo período do ano passado e de 10,2% sobre o segundo trimestre de 2008.

Segundo o presidente do BB, uma das prioridades, agora, é a expansão das operações de crédito. Ele disse também que manter essa carteira ativa tem o propósito de “diminuir o risco sistêmico”, referindo-se à hipótese de eventual contaminação da crise financeira internacional sobre os diversos mercados. A carteira de crédito do BB atingiu R$ 214 bilhões.

Lima Neto falou sobre o interesse em “olhar oportunidades na ponto do consumo”. Em 12 meses, a carteira de crédito à pessoa física aumentou 45,4%, atingindo R$ 42,9 bilhões. As linhas de crédito consignado lideram neste segmento com movimentação de R$ 14,5 bilhões, 32% maior do que no ano anterior.

E o novo nicho que vem crescendo, o de financiamento para a compra de veículos, avançou em 151,7%, na comparação com julho a setembro do ano passado. Em relação ao trimestre anterior, cresceu 19,3%, com volume de R$ 5,6 bilhões.



Fontes