Banco Central teme que valores e projeção da inflação se distanciem da meta

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

31 de março de 2010

Brasil

O Banco Central teme que a inflação alcance níveis acima da meta, que tem centro de 4,5%, com limite superior de 6,5%. Segundo o Relatório Trimestral da Inflação divulgado hoje (31), o principal risco de que isso aconteça é a possibilidade de que os valores efetivos e as projeções da inflação se distanciem progressivamente “em um ambiente de crescente utilização de recursos”.

Para o BC, os custos necessários para trazer a inflação de volta à trajetória da meta podem ser “significativos”. De acordo com o relatório, o Comitê de Política Monetária (Copom) do BC “está monitorando atentamente essa possibilidade, que recomendaria ações tempestivas de política monetária [aumentar a taxa de juros]”.

Segundo o diretor de Política Econômica do Banco Central, Carlos Hamilton Vasconcelos Araújo, a ação da instituição no caso de mais demanda do que oferta é desacelerar a procura por bens e serviços. “Isso tem impacto em termos de crescimento da oferta.”

No mercado externo, diz o relatório, “o principal risco a ser monitorado é a possibilidade de recuperação dos preços das commodities, principalmente se não for acompanhada por movimentos, no sentido contrário, da taxa de câmbio”.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati