Ban Ki-Moon pede na ONU solidariedade da União Europeia com refugiados

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ban Ki-moon em 29 de abril de 2015.
Imagem: ITU Pictures.

Agência Brasil

27 de setembro de 2015

O secretário-geral das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-Moon, pediu hoje (27) à União Europeia (UE) que use de "compaixão e solidariedade" para com os refugiados que chegam a Europa. O pedido do secretário-geral foi feito durante a Cúpula de Desenvolvimento Sustentável na sede da ONU, em Nova York.

Em comunicado, ele pediu ao presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, ao primeiro vice-presidente da Comissão Europeia, Franz Timmermans, e a alta representante da Política Externa da UE, Federica Mogherini, que trabalhem junto aos países que formam a UE para que a Europa possa dar uma resposta "apropriada" aos desafios associados ao crescente movimento de refugiados para a Europa.

Ban Ki-Moon elogiou os esforços já realizados pela UE em relação à crise e manifestou "gratidão" pela "generosidade" surgida com os recentes novos apoios anunciados por Bruxelas para os refugiados sírios.

Hoje na ONU, Ban Ki-moon reuniu-se com Donald Tusk, com Frans Timmermans e Federica Mogherini. Na reunião foram discutidos, além da questão de migração e de acolhida aos refugiados, assuntos relacionados com a situação da Ucrânia e o Acordo de Minsk (assinado em setembro de 2014 por representantes da Ucrânia, Rússia, República Popular de Donetsk e República Popular de Lugansk) para acabar com a guerra no leste da Ucrânia), que deve ser cumprido até ao fim do ano, e a agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável do planeta.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati