Austrália: chove, mas situação de seca continua

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

BBC

Coala: população da espécie foi drasticamente reduzida devido aos incêndios florestais

06 de fevereiro de 2020 (petit drapeau) Austrália

As chuvas intensas dos últimos dias levaram um pouco de alívio para os estados de Nova Gales do Sul e Queensland, no Leste de Austrália, mas ainda são insuficientes para acabar com a seca que está ajudando a causar os grandes incêndios florestais que estão varrendo o país há meses.

Chuvas fortes isoladas, por regiões, têm acontecido desde meados de janeiro, mas para acabar com a estiagem, elas precisam ser mais regulares. Além disto, as chuvaradas podem lavar a camada externa do solo sem vegetação, dificultando a recuperação do mesmo após o fogo.

Onda de incêndios na Austrália[editar]

A temporada de incêndios na Austrália de 2019–2020 iniciou em setembro de 2019, trazendo graves prejuízos ao país. Estima-se que cerca de 10.7 milhões de hectares de terras tenham sido queimados, afetando a fauna, a flora, a agricultura e a vida em geral das pessoas, das quais mais de 2.000 perderam suas casas. Outros números indicam que mais de 1 bilhão de animais tenham morrido. Estima-se, por exemplo, que a população dos coalas possa ter tido reduzida em mais de 50%.

Fontes[editar]

Australia: Storms batter drought-ravaged New South Wales and Queensland, BBC (em inglês), 06 de fevereiro de 2020.