Atleta grega é excluída dos jogos olímpicos

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Olympic rings with white rims.svg
Olimpíadas de Verão 2008



10 de agosto de 2008

Pequim — A atleta grega e velocista Ekaterini Thanou, ganhadora de prata nas Olimpíadas de Sydnei, Austrália, em 2000 foi excluída hoje pelo COI (Comitê Olímpico Internacional) na participação das Olimpíadas de 2008.

O motivo pela exlcusão da grega foi por ter sido protagonista no escândalo na olimpíada passada (de Atenas em 2004), quando na véspera véspera da cerimônia de abertura, ela fugiu da Vila Olímpica junto com outro velocista Costas Kenteris, para escapar do controle de doping, pois sabia que seria suspensa e em seguida simularam terem sofrido um acidente de moto para justificar sua ausência na Vila Olímpica. A fuga deles repercutiram internacionalmente.

Ambos foram excluídos dos Jogos, pois era a terceira vez que escapavam de um exame antidoping no prazo de 18 meses, e tiveram que cumprir dois anos de punição.

Ela insistiu ir para as olimpíadas em Pequim, China, mas a Comissão Disciplinar Olímpica recomendou o COI pela sua exclusão.

O advogado de Thanou, Gregory Ioannidis, argumenta que a atleta cumpriu sua sanção e tem todo o direito de participar dos Jogos de Pequim. A atleta pode recorrer aos tribunais.



Fontes