Atentado suicida deixa pelo menos 47 mortos em escola na Nigéria

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

10 de novembro de 2014

Nigéria

Um atentado suicida deixou hoje (10) pelo menos 47 mortos e 79 feridos entre os alunos de uma escola no Nordeste da Nigéria, informou a polícia. “Houve uma explosão provocada por um homem-bomba” numa escola de Potiskum, no estado de Yobe, disse Emmanuel Ojukwu, o porta-voz da polícia nigeriana.

“Existem 47 mortos e 79 feridos” entre os estudantes, disse. Ele informou que o grupo radical islâmico Boko Haram é suspeito de ser o responsável pelo ataque. A explosão ocorreu numa escola pública do ensino secundário para rapazes de Potiskum, a capital econômica do estado de Yobe, no momento em que os estudantes estavam concentrados para ouvir o reitor antes do início das aulas, segundo um professor.

“Os estudantes estavam concentrados para a reunião da manhã quando algo explodiu no meio deles”, disse o professor que pediu para não ser identificado. Yobe é um dos três estados do Norte da Nigéria sob lei marcial há um ano e meio devido à insurreição sangrenta do Boko Haram, que causou mais de 10 mil mortos nos últimos cinco anos.

Boko Haram, cujo nome significa “a educação ocidental é pecado” em língua haussa, já realizou numerosos ataques contra estabelecimentos escolares. Em fevereiro, homens armados abriram fogo e lançaram explosivos no dormitório de um internato em Buni Yadi, igualmente no estado de Yobe, matando pelo menos 40 adolescentes.

O Boko Haram luta desde 2009 para criar um Estado islâmico no Norte da Nigéria, majoritariamente muçulmano, ao contrário ao Sul, de maioria cristã.

Fontes[editar]

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati