Atentado na China mata 16 policiais e deixa 16 pessoas feridas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Agência Brasil

4 de agosto de 2008

A quatro dias da abertura dos Jogos Olímpicos de Pequim, 16 policiais foram mortos e outras 16 pessoas ficaram feridas em um atentado contra um posto de fronteira na região autônoma de Xinjiang, no noroeste da China. Segundo a agência estatal de notícias Xinhua, a polícia local suspeita que tenha sido uma ação terrorista.

Dois suspeitos já foram presos. Eles estavam em um caminhão e jogaram explosivos contra policiais que faziam sua corrida matinal, às 8h da manhã de hoje (4) pelo horário local. Quatorze policiais morreram na hora e outros dois, no hospital.

O departamento regional de segurança pública disse ter informações de que o Movimento Islâmico do Turquistão Oriental planejou atentados terroristas entre os dias 1º e 8 de agosto, às vésperas da abertura dos jogos. De acordo com a agência Xinhua, as possíveis ações do movimento estão entre as principais preocupações no que se refere à segurança dos Jogos Olímpicos, ao lado das forças separatistas do Tibete e dos seguidores da seita espiritualista Falun Gong.

O atentado recrudesceu o policiamento em Pequim, sede da cerimônia de abertura das Olimpíadas, na próxima sexta-feira (8), e da maioria dos jogos. No final da tarde desta segunda-feira (4), policiais com cães farejadores rastreavam os jardins do China World Trade Center – principal complexo de escritórios, lojas e apartamentos na região.



Fontes