Atentado mata 7 no sudoeste do Paquistão

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

22 de maio de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Autoridades no Paquistão disseram na sexta-feira que um atentado a bomba em um comício pró-palestino na província de Baluchistão matou pelo menos sete pessoas e feriu outras 14.

O ataque na cidade de Chaman teve como alvo um veículo que transportava um líder local de um partido islâmico paquistanês, mas ele escapou ileso, disseram a polícia e testemunhas.

As descobertas iniciais da polícia sugerem que assaltantes desconhecidos detonaram um dispositivo explosivo improvisado plantado em uma motocicleta estacionada perto do veículo quando os participantes do rali começaram a se dispersar.

Ninguém assumiu a responsabilidade pelo atentado na remota cidade do Paquistão que faz fronteira com o Afeganistão.

O porta-voz do governo provincial, Liaquat Shahwani, disse que as forças de segurança selaram rapidamente a área e que uma busca policial estava em andamento para encontrar os responsáveis ​​pelo ataque.

Milhares de paquistaneses foram às ruas depois de assistir às orações da tarde de sexta-feira em mesquitas em todo o país para protestar contra os ataques aéreos militares de Israel em Gaza.

As manifestações ocorreram horas depois do anúncio de um cessar-fogo entre Israel e o Hamas, grupo islâmico que governa a Faixa de Gaza.

O Paquistão está entre os poucos países que não têm relações diplomáticas com Israel. O passaporte paquistanês é o único no mundo que afirma explicitamente que seu titular pode viajar para qualquer lugar com o documento, exceto Israel.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit