Ataque a tiro contra transporte público deixa 3 mortos e 9 feridos na Holanda

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

18 de março de 2019

Um tiroteio num transporte público, conhecido como eléctrico (ou bonde elétrico no Brasil), na cidade de Utrecht, na Holanda, deixou três mortos e nove feridos (das quais três em estado grave) na manhã por volta das 10:45 horas locais, na praça 24 de Outubro.

Num primeiro momento, o porta-voz da polícia, Joost Lanshage, afirmou que o ataque podia ter tido motivação terrorista, a deixar um morto e vários feridos e que ninguém foi detido.

Depois, na tarde, o mesmo porta-voz afirmou atualizou o número de vítimas no ataque (3 mortes e 9 feridos) e sem dar muitos detalhes, divulgou à imprensa, foto do envolvimento com o ataque à tiros: um homem com cidadania turca Gökmen Tanis de 37 anos, flagrado num circuito interno de autocarro (ônibus no Brasil).

Entretanto, as imprensas holandesa e turca indicou que o caso terá tido origem num conflito familiar e que depois de matar a primeira vítima, o atacante disparou sobre pessoas que tentaram socorrer a pessoa baleada.

Reacções

As polícias foram mobilizadas à Praça 24 de Outubro que foi fechada ao público para trabalho de perícia criminal.

A imprensa local afirma que a polícia antiterrorismo foi mobilizada nos primeiros minutos do ataque.

O primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, afirmou estar preocupado e já acionou o gabinete de crise após ataque.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati