Ataque a tiro contra transporte público deixa 3 mortos e 9 feridos na Holanda

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

18 de março de 2019

Um tiroteio num transporte público, conhecido como eléctrico (ou bonde elétrico no Brasil), na cidade de Utrecht, na Holanda, deixou três mortos e nove feridos (das quais três em estado grave) na manhã por volta das 10:45 horas locais, na praça 24 de Outubro.

Num primeiro momento, o porta-voz da polícia, Joost Lanshage, afirmou que o ataque podia ter tido motivação terrorista, a deixar um morto e vários feridos e que ninguém foi detido.

Depois, na tarde, o mesmo porta-voz afirmou atualizou o número de vítimas no ataque (3 mortes e 9 feridos) e sem dar muitos detalhes, divulgou à imprensa, foto do envolvimento com o ataque à tiros: um homem com cidadania turca Gökmen Tanis de 37 anos, flagrado num circuito interno de autocarro (ônibus no Brasil).

Entretanto, as imprensas holandesa e turca indicou que o caso terá tido origem num conflito familiar e que depois de matar a primeira vítima, o atacante disparou sobre pessoas que tentaram socorrer a pessoa baleada.

Reacções

As polícias foram mobilizadas à Praça 24 de Outubro que foi fechada ao público para trabalho de perícia criminal.

A imprensa local afirma que a polícia antiterrorismo foi mobilizada nos primeiros minutos do ataque.

O primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, afirmou estar preocupado e já acionou o gabinete de crise após ataque.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati