Asassinado Germán Mavare, dirigente da oposição na Venezuela

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

Agência VOA

10 de maio de 2016

O político e dirigente opositor venezuelano Germán Mavare, foi morto na sexta-feira após receber um tiro na cabeça que foi realizado por um motociclista no estado de Lara. Segundo testemunhos, Germán Mavare recebeu disparos em meio de uma via da cidade central da cidade de Barquisimeto.

Mavare, dirigente del partido opositor Un Nuevo Tiempo, murió cerca de la medianoche en un centro de salud de esa ciudad del estado de Lara informó Guillermo Palacios, diputado del Parlamento Latinoamericano e integrante de Un Nuevo Tiempo.

A Aliança Mesa de Unidade Democrática (MUD) fez seguinte declaração: “A direção da UNT manifesta o seu mais profundo pesar pelo assassinato do companheiro Germán Mavare. Exigimos justiça e o fim da violência”, afirma o partido em sua conta na rede social Twitter. O partido é liderado pelo ex-candidato presidencial e antigo governador, Manuel Rosales, atualmente detido.

Em comunicado, o MUD indica, que, após ficar ferido ao ser atingido com um tiro na cabeça, Mavare foi transferido para o Hospital Antonio Maria Pineda, na cidade de Barquisimeto, e depois para uma clínica privada “onde, por fim, faleceu”.

Fontes

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati