Argentina, Brasil e Venezuela prometem ajuda à Bolívia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Brasília - Presidente Lula e os presidentes Hugo Chavez e Néstor Kirchner durante reunião na Granja do Torto. Foto: Ricardo Stuckert/PR.

20 de janeiro de 2006

Brasil —

Os Presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (Brasil), Hugo Chávez (Venezuela) e Néstor Kirchner (Argentina) estiveram reunidos nesta última quinta-feira (19) em Brasília. Os três presidentes discutiram a integração entre os três países e a construção de um gasoduto de 10 mil quilômetros ligando os três países.

Na saída da reunião na Granja do Torto, o Presidente Hugo Chávez declarou que o Brasil, a Argentina e a Venezuela irão preparar um programa urgente de apoio à Bolívia e que ele será apresentado possivelmente no próprio dia da posse do novo Presidente boliviano Evo Morales, domingo (22).

O Presidente Hugo Chávez disse: "Estamos dispostos, por exemplo, a ajudar a Bolívia a controlar os assaltos nas estradas, por meio de unidades cívico-militares". Além da ajuda na segurança, o presidente venezuelano disse que apóia a oferta de créditos por meio de bancos públicos de desenvolvimento.

Chávez também defendeu que a Bolívia tenha acesso o mais rápido possível ao gasoduto que será construído por Brasil, Argentina e Venezuela.

Além do projeto de construção em conjunto de um gasoduto, os três presidentes discutiram a criação do Banco do Sul, que serviria para financiar projetos na região.

Ver também

Fontes