Anvisa recomenda não dar mel para crianças com menos de 1 ano

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Agência Brasil

2 de setembro de 2008

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pede que pais não dêem mel a crianças menores de 1 ano de idade. A medida quer evitar o botulismo, doença que atinge nervos e músculos e que pode ser transmitida por uma bactéria (Clostridium botulinum) encontrada no mel. De acordo com a diretora da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Maria Cecília, embora seja rara, a doença é grave.

“Como medida de proteção nós estamos alertando aos pais que não dêem mel para as crianças com menos de 1 ano”, diz Cecília.

A bactéria representa maior perigo para bebês com menos de 1 ano, cuja flora intestinal ainda não está totalmente formada.

Segundo a diretora, a posição da Anvisa foi baseada em estudos e pesquisas que apontam a presença da bactéria em 5% das amostras de mel comercializadas por ambulantes, mercados e feira livres.

A diretora da Anvisa também alerta aos médicos para que fiquem atentos a esse tipo de contaminação. Ela pede que, em caso de diagnóstico da doença, o médico notifique o Ministério da Saúde imediatamente.

As condições de produção do mel influenciam na contaminação pela bactéria, afirma a diretora, que orienta os consumidores a buscarem informações da origem do produto, telefone do produtor ou fornecedor na embalagem.



Fontes