Angola: Casa-CE manifesta-se em Luanda

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

Não houve incidentes na marcha em memória do militante Manuel Hilbert Ganga.

23 de novembro de 2014

Em Luanda, a Casa-CE realizou sem incidentes a sua marcha para assinalar o primeiro aniversário da morte do seu militante Manuel Hilbert Ganga.

O correspondente da VOA em Luanda disse que participaram na marcha, para além de militantes do partido, população não directamente afiliada no partido que quer que seja feita justiça no caso da morte de Ganga.

O militante da Casa-CE foi morto há um ano quando colocava cartazes perto da Presidência da República.

Uma testemunha disse que Manuel Hilbert Ganga foi morto por um membro da Guarda Presidencial à porta do edifício.

A marcha de hoje tinha sido autorizada pelas autoridades e os manifestantes marcharam até à campa de Ganga onde colocaram flores.

Por outro lado uma segunda manifestação convocada pelos jovens do “Movimento Revolucionário” não se realizou como os seus organizadores tinham anunciado.

No Sábado, os jovens foram imediatamente presos quando tentaram manifestar-se e levados pelas autoridades para uma zona a cerca de 100 quilómetros de Luanda onde foram abandonados.

Por seu lado, os professores do ensino básico e médio estiveram em massa numa contra-manifestação convocada pelo Governo e a juventude do MPLA também saiu às ruas ontem, 22, em alusão à sua data que se assinala hoje.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati