Angola: Activista “ameaçado de morte”

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência VOA

23 de agosto de 2009

Samba, Angola


Um complô para assassinar Luis Araujo com o simulacro de assalto a sua residência acaba de ser denunciado.

O ativista terá sido avisado anteontem (21) por um dos homens do corpo de segurança das instalações onde funciona o escritório da SOS-Habitat, que fica localizado à marginal no bairro Benfica município da Samba.

Ouvido há instantes, perguntei da fiabilidade desta informação que recebeu e se não via nisso uma forma de o intimidar?

O ativista disse que estava a levar as coisas muito a sério, prometendo revelar mais pormenores na conferência de imprensa prevista realizar esta noite no cine-Miramar.

Recentemente retornado a Luanda de onde se ausentara por idênticas razões, o activista teve "um belo presente" logo depois do seu desembarque, ao presenciar as demolições nos bairros do Iraque e Bagdade que deixaram sem abrigo milhares de cidadãos, a propósito do que foi publicado o comunicado que denunciando esta ocorrência.

A SOS Habitat, é uma organização associativa que trabalha junto das comunidades, na defesa do direito a terra e a habitação.

Ligação Externa

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati