Amapá: semana santa movimentou mais de R$ 700 mil em vendas de pescado, aponta Rurap

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

7 de abril de 2021

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

O Instituto de Extensão, Assistência e Desenvolvimento Rural do Amapá (Rurap) divulgou o balanço da comercialização de pescado do programa Peixe Popular do governo do estado durante os dias 31 de março e 01 de Abril, período da semana santa. Devido aos decretos que visam conter o avanço do coronavirua, as vendas deste ano aconteceram das 7h as 13h.

Segundo o relatório do Rurap, aproximadamente 59 toneladas de pescados, entre resfriados, vivos e congelados, foram comercializados na semana santa. Essa comercialização movimentou mais de R$ 700 mil na economia. O programa contou com a participação de 12 empreendedores do setor de pesca e foi responsável pela geração de 77 empregos diretos e indiretos.

Para o diretor presidente do Rurap, Hugo Paranhos, o programa conseguiu mais uma vez alcançar um de seus principais objetivos que é oferecer para a população, pescado à preço popular.

"Estamos satisfeitos por termos alcançado os objetivos do programa. Foi um grande desafio, em meio a essa pandemia onde tivemos e adotamos todos os protocolos de segurança para preservar a saúde de quem comercializou e principalmente dos consumidores. Diante de tudo isso conseguimos em um dia e meio de comercialização, vender aproximadamente 59 toneladas de peixe. Ano passado foram 2 dias e meio de comercialização com 46 toneladas vendidas", destacou.

As vendas deste ano aconteceram em 7 pontos na capital, com destaque para o ponto em frente a subprefeitura da zona norte que se destacou com mais de 22 toneladas de pescado vendidos. O programa atendeu ainda o municipio de Porto Grande onde o único ponto de venda comercializou mais de 3,5 toneladas de peixe.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit