Alunos maranhenses podem ser prejudicados no Enem por causa das chuvas

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

21 de maio de 2009

Os alunos do último ano do ensino médio das escolas do Maranhão poderão ter o rendimento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) comprometido por causa das chuvas. Há quase 60 dias, 30 mil estudantes da rede estadual estão sem aulas. As escolas ou estão alagadas, ou servem de abrigos às vítimas das enchentes.

Para repor o tempo perdido, as escolas do estado atingidas pelas enchentes terão um calendário diferenciado. Segundo o secretário da Educação do Maranhão, César Pires, os 30 dias de férias do mês de julho serão usados para repor as aulas. “Queremos recuperar o tempo, mas principalmente o conhecimento daqueles alunos que vão fazer o Enem em outubro”, afirma.

De acordo com o Corpo de Bombeiros de São Luís, as chuvas recorrentes no estado afetaram 367 mil pessoas. Sendo 80 mil desalojados e 44 mil desabrigados. O número de mortos chegou a 12, uma pessoa está desaparecida, 95 municípios estão em situação de emergência.

Fonte