Allback marca o gol 2000 no empate entre Inglaterra e Suécia

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

20 de junho de 2006

Em um dos jogos mais esperados da primeira fase da Copa do Mundo de 2006, a Inglaterra empatou em 2 a 2 com a Suécia em um jogo emocionante, marcado pelo ótimo segundo tempo e o gol nº 2000, marcado pelo sueco Allback. Esperave-se que as duas equipes "enrolassem" e empatassem, resultado que classificava ambas para as oitavas-de-final, mas a cofirmação da Alemanha de que enfrentaria o segundo colocado - neste caso a Suécia - fez os nórdicos pressionarem em busca da vitória. A Inglaterra já estava classificada após vencer Paraguai e Trinidad (estas duas equipes já estavam eliminadas e cumpriram tabela, no jogo vencido pelos paraguaios por 2 a 0) e só decidiria a ordem das vagas. A Suécia ainda tinha chances de perder a vaga para Trinidad, mas o gol contra marcado pelo zagueiro trinitário Sancho facilitou a situação sueca. Agora a Inglaterra enfrenta o Equador, segundo colocado, e a Suécia a dona da casa Alemanha, que está embalada após passar pelos equatorianos por 3 a 0. O jogo dos ingleses ocorreu em Colônia às 21:00 locais (UTC-2).

O jogo

Considerado um dos melhores jogos da terceira rodada e até da primeira fase, ingleses e suecos começaram o jogo procurando ganhar para escapar da anfitriã Alemanha. A Suécia não fez um bom primeiro tempo e deixou um grande buraco entre sua zaga e meio, facilitando chutes de fora da área da representação britânica. Esta foi a grande arma dos ingleses neste tempo, e salvo alguns passes longos para Rooney (semi-recuperado) que estava bem marcado, quase todos os chutes foram de fora da área, em boas oportunidades de Lampard e Joe Cole. Aliás, foi desta maneira que o gol nº 998 foi marcado. Beckham cruza na área e a defesa sueca afasta; a bola quica no chão e Joe Cole mata no peito, e sem deixar cair, mete uma patada na bola que sobe com efeito enganando o goleiro sueco e caindo no ângulo, abrindo 1 a 0. A Inglaterra exerce mais alguma pressão depois do gol e permite a Suécia chegar, mas com inefeciência.

O segundo começa completamente diferente. A Suécia volta mais objetiva e em busca do empate, e o que quer que tenha sido discutido no vestiário, apostando em jogadas ensaiadas em escanteios. A conversa surte efeito e após escanteio cobrado pelos suecos aos 4 minutos, Allback sobe sozinho no primeiro pau para empatar, marcando o gol nº 2000 das Copas (o nº 1000 havia sido marcado pelo holandês Roseenbrick na Copa do Mundo de 1978). A postura sueca é muito diferente e os escandinavos pressionam na principal arma dos ingleses: o cruzamento. Kallstrom e Larsson mandam bolas na trave. A Inglaterra passa a ser dominada pelos suecos até que Eriksson põe Gerrard no lugar de Rooney. Em um contra-ataque inglês, Joe Cole vê Gerrard sozinho na área e cruza na cabeça do meia do Liverpool, que põe o England Team de novo na frente. A Suécia não se intimida e após cobrança de lateral na área, Larsson aproveita da falha da zaga inglesa e do goleiro Paul Robinson para deslocar a bola para o empate aos 47 minutos. A partida termina com um resultado justo e duas etapas diferentes; a Inglaterra mandou no ar no primeiro tempo, mas os suecos tiveram incrível mudança em seu modo de jogar no segundo, quase virando a partida nos escanteios. Agora as duas equipes esperam pelas oitavas; um Alemanha vs. Inglaterra seria no mínimo, um desperdício.


Desporto
Este artigo descreve um evento desportivo acompanhado ao vivo pelo colaborador. Eventos desportivos acompanhados pelos colaboradores não precisam de fontes especificadas.