Al Qaeda culpa presidente norte-americano por morte de reféns

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

11 de dezembro de 2014

Oriente Médio —

A Al-Qaeda no Iêmen culpa os Estados Unidos pela morte de um refém dos EUA e da África do Sul, morto em uma tentativa fracassada de resgate pelas forças dos EUA, disse uma autoridade do grupo militante, argumentando que Washington havia "tolamente" escolhido a força armada para negociar.

O presidente dos EUA, Barack Obama, “e seu governo conheciam a justiça de nossas demandas, e eles poderiam pelo menos negociar conosco sobre eles ou serem sinceros nesse assunto”, disse Nasser bin Ali al-Ansi em um vídeo publicado na quinta-feira pelo jornal. SITE Grupo de inteligência, que monitora militantes islâmicos.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit