Afeganistão: dezenas morrem em base militar após bombardeio

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

29 de novembro de 2020

Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram

Autoridades do Afeganistão disseram que um bombardeio massivo de uma base militar na província oriental de Ghazni matou pelo menos 30 membros das forças de segurança hoje.

Baz Mohammad Hemat, chefe do Departamento Provincial de Saúde Pública, disse à VOA que a explosão também feriu pelo menos 24 pessoas.

A base do exército nos arredores da capital provincial, também chamada de Ghazni, era operada por forças especiais afegãs, disseram testemunhas à VOA.

Enquanto isso, um outro carro-bomba matou três pessoas e feriu mais de 20 na província de Zabul disseram autoridades à VOA. O chefe do conselho provincial, Atta Jan Haqbayan, aparentemente o alvo do ataque, e seu guarda de segurança estão entre as vítimas.

Não houve reivindicações imediatas de responsabilidade pelos dois ataques ocorridos no momento em que as negociações de paz entre os insurgentes do Taleban e representantes do governo afegão cessaram fogo por semanas.

As chamadas negociações intra-afegãs, mediadas pelos Estados Unidos, estão sendo realizadas no Catar. Ambos os lados afegãos em conflito culpam um ao outro pelo impasse.

A violência no Afeganistão aumentou significativamente nas últimas semanas, com dezenas de membros das forças de segurança e civis mortos apenas no mês de novembro.

Fontes

Compartilhe
essa notícia:
Email Facebook Twitter WhatsApp Telegram LinkedIn Reddit