Aeroporto de Buenos Aires registra 22 vôos com atraso

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

28 de julho de 2008

Pelo menos 22 vôos que deveriam partir hoje (28) do Aeroporto de Buenos Aires estão atrasados – 21 da Aerolineas Argentinas, empresa em processo de reestatização. Segundo informações da Aeropuertos Argentina 2000, que administra os terminais no país, a companhia aérea registrou ainda um vôo cancelado.

Ontem (27), pelo terceiro dia consecutivo, passageiros argentinos e estrangeiros – inclusive brasileiros – enfrentaram atrasos nas saídas dos vôos da companhia. A demora, em muitos casos, foi superior a 12 horas e muitos passageiros reclamaram da falta de informações no balcão da empresa.

De acordo com a agência argentina Télam, a Associação de Pilotos de Linhas Aéreas responsabiliza o grupo espanhol Marsans – que, até o início do mês, administrava a empresa – e diz que o grupo vendeu passagens muito acima do que se pode cumprir.

Há cerca de 10 dias, as companhias Aerolineas Argentinas e Austral – que concentram 80% dos vôos na Argentina – passaram a ser administradas pelo governo, conforme anúncio do secretário de Transporte do país, Ricardo Jaime.

De acordo com a BBC Brasil, o gerente geral da companhia Aerolineas Argentinas, Julio Alak, afirmou que a situação dos aeroportos no país tende a se normalizar “no decorrer da semana” mas não se pode “esperar soluções mágicas em uma empresa que estava à beira da falência”. Para ele, o último sábado (26) foi “o dia mais crítico do ano” para a companhia aérea, com passageiros demais e aviões de menos.



Fontes