Adobe vai adquirir a Macromedia por 3,4 bilhões de dólares

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Attention niels epting.svg
Como parte da política de proteção do Wikinotícias, esta notícia está protegida.

18 de abril de 2005

A Adobe Systems Inc. anunciou hoje que irá adquiri a Macromedia Inc. por cerca de 3,4 biliões de dólares em ações. Bruce Chizen, o executivo chefe (CEO) da Adobe disse que "os clientes estão a clamar por soluções de software integradas que permita a eles criar, gerenciar e entregar uma ampla e desafiadora variedades de aplicações e contéudo, desde documentos e imagens até áudio e vídeo. Através da combinação de nosso poderoso software de desenvolvimento, autoria e colaboração, junto às funcionalidades complementares do PDF e do Flash, a Adobe tem a oportunidade de trazer à vida esta visão com uma consolidada plataforma tecnológica da indústria."

Espera-se que a aquisição ocorra próximo ao outono. Ele dependerá da aprovação dos acionistas de ambas as companhias, assim como da aprovação de documentos regulatórios. Pelos termos do acordo, a Macromedia ficará com 0,69% das ações da Adobe, para cada ação compartilhada da Macromedia. Os acionistas da Macromedia esperam obter 18% da companhia após a fusão.

As duas companhias já foram rivais no passado e alguns dos produtos delas competem em nichos parecidos. Como por exemplo, tanto o Adobe Photoshop quanto o Macromedia Fireworks são programas de edição gráfica, e tanto o Adobe GoLive quanto o Macromedia Dreamweaver servem para o desenvolvimento de websites.

Após a fusão, continuará no cargo o atual CEO da Adobe, que será o CEO da nova companhia. Stephen Elop, o atual presidente e CEO da Macromedia se tornará presidente do campo de operações internacionais. A companhia que surgirá após a fusão manterá o nome atual "Adobe" e se concentrará na integração e crescimento.

Mais detalhes sobre podem ser obtidos na página Adobe Investor Relations.

Fontes

Página externa