Acordo entre Mercosul e União Europeia é desafio, diz chanceler paraguaio

Origem: Wikinotícias, a fonte de notícias livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Agência Brasil

15 de julho de 2015

O ministro de Relações Exteriores do Paraguai, Eladio Loizaga, disse hoje (15) que a negociação do acordo de livre comércio entre o Mercosul e a União Europeia (UE) será um grande desafio no período em que o país exercerá a presidência pro tempore do bloco sul-americano. Na sexta-feira (17), a presidenta Dilma Rousseff transmitirá a função ao presidente paraguaio, Horacio Cartes, durante a 48ª Cúpula do Mercosul.

“Temos um grande desafio que são as negociações com a União Europeia. Vamos ter uma reunião [dos negociadores] do Mercosul no mês de agosto e posteriormente com a União Europeia para ver se no último trimestre podemos avançar”, afirmou Loizaga, após reunião com o chanceler brasileiro, Mauro Vieira.

No momento, os dois lados montam uma lista de quais produtos poderão ter tarifa zerada. A apresentação das ofertas comerciais deverá ocorrer no último trimestre deste ano. A apresentação tem que ser simultânea e chegou a ser negociada em 2013 e 2104, mas não prosperou.

A cúpula do Mercosul começa amanhã (16) com a reunião do Conselho do Mercado Comum, que terá a presença dos chanceleres dos Estados-Partes e Associados e continua na sexta-feira, com a participação dos chefes de Estado.

“O Mercosul é muito importante em termos econômicos e nós, nessa cúpula, vamos dar novos passos no sentido da integração total e da consolidação da união aduaneira”, destacou Vieira. Segundo ele, a renovação do Fundo de Convergência Estrutural do Mercosul (Focem) também será um dos itens da agenda regional.

Fonte

Compartilhe essa notícia: Shared via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via Google+ Compartilhe via LinkedIn Compartilhe via Digg.com Compartilhe via Newsvine Compartilhe via Reddit.com Share on stumbleupon.com Compartilhe via Technorati